segunda-feira, 27 de abril de 2015

Duas Visões

    Há uma visão que diz o seguinte: aquilo que há de sumamente bom e sumamente mau estão ambos fora do mundo, dispostos em uma realidade metafísica, são dois entes independentes entre si e do mundo, mas que agem no mundo. A partir dessa visão o homem adquire felicidade quando busca o que há de sumamente bom e nega o que há de sumamente mau. Mas há uma outra visão, e que ao meu ver é bem mais realista, que diz o seguinte: tudo que há de bom e mau estão ambos no mundo, são dois entes intimamente dependentes e complementares entre si e não só agem mas também são o próprio mundo incluindo nós mesmos. A partir dessa visão o homem adquire felicidade quando busca o que há de bom e compreende que o que há de mau faz parte nessa busca como um desafio aceito e necessário, haja vista que ao fazer parte do mundo, se o mau é negado então nós é que optamos ir ao seu encontro inevitavelmente, apenas por negar os desafios que o que é bom nos exige aceitar e vencê-los.

                                                                       Philip G. Mayer



                                                           

Um comentário:

  1. Thananks to sharing your experience with us I like to read your post very much
    http://www.poojaroy.com/karol-bagh-escorts.html
    http://www.poojaroy.com/dwarka-escorts.html
    http://www.poojaroy.com/gurgaon-escorts.html
    http://www.poojaroy.com/mahipalpur-escorts.html
    http://www.poojaroy.com/delhi-call-girls.html
    http://www.poojaroy.com/aerocity-escorts.html

    ResponderExcluir